Luísa sua alma incomensurável, você é o mundo

Não, esse título não é 100% meu. Comecei parafraseando um texto de Clarice Lispector onde ela diz “Sua alma é incomensurável, pois ela era o Mundo”, do livro Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres, 1969. E foi essa sensação que senti da Braba.  Ela é uma boa menina, jovem, uma fábrica de hits, é uma das maiores artistas da atualidade e agora também apresentadora! “Prazer, Luísa” chega ao Multishow no dia 7 de agosto para mostrar ao público um lado ainda pouco conhecido de Luísa Sonza. Na atração, a cantora vai abrir sua intimidade e compartilhar o processo de construção musical de seu mais novo trabalho, o recém-lançado Doce 22.

O programa contará com cinco episódios, que vão ao ar todos os sábados, às 20h. Nos quatro primeiros, Luísa vai receber os seguintes convidados: Dilsinho, Lulu Santos, Jão e Pocah. Eles vão debater temas como amor, relacionamentos na mídia, liberdade e sexualidade, amizade, feminismo e sororidade, cancelamento e hates, sempre tendo a música como fio condutor. A influenciadora Pequena Lo estará ao lado de Luisa em todos os programas durante as entrevistas. Já o último episódio será um especial musical.

“Prazer, Luísa é um programa que vai abordar assuntos sérios, mas eu tentei levar esses assuntos de uma maneira leve e divertida, sabe? A gente já está num momento tão difícil, o brasileiro vive um momento difícil, eu não quis trazer mais peso. Então eu tentei ser o mais leve e divertida possível para realmente levar algo de bom para as pessoas em casa. O programa significa o meu momento de glória (risos). Não é pra qualquer um ter um programa pra chamar de seu no maior canal de música do Brasil”.

Luísa Sonza

E o convidado de estreia destaca elogios à cantora e agora apresentadora do canal: “Sempre acompanhei o trabalho da Luísa mas, depois que gravamos juntos a música ‘Não Vai Embora’, a admiração só cresceu. Ver o quanto ela evolui constantemente é admirável, ela é talentosíssima. E isso se confirma também com seu novo álbum e toda repercussão explosiva no país. Quando recebi o convite para participar do programa fiquei feliz duas vezes, uma por ver o trabalho dela chegando a lugares incríveis, e outra pelo convite em poder estar com ela e dividir esse momento. Torço muito pela Lu, desejo cada vez mais sucesso e reconhecimento a ela, e muita sorte com programa”, conta Dilsinho.

As apresentações musicais serão um dos pontos altos da atração. As faixas de Doce 22 farão parte do setlist dos programas, junto com antigos sucessos de Luísa e dos convidados. O público também terá a chance de ver a apresentadora fazendo covers de músicas de grandes divas como Britney Spears e Ariana Grande.  Na estreia, que terá exibição simultânea na TV e no canal Música Multishow, no YouTube, Dilsinho compartilha com Luísa sua experiência com composições, os processos de gravação em estúdio e as questões sobre levar uma vida pública.

Luísa vai além da música, e como podemos ver, vai estrear como apresentadora. São tantas coisas acontecendo que a gente precisava conversar com ela pra entender melhor sobre essas novas aventuras. Confira na íntegra a entrevista com Luísa Sonza:

Essa é a sua estreia como apresentadora de um programa. Era um sonho seu? 

LUÍSA SONZA – Eu nunca tinha pensado em ser apresentadora de um programa, mas estou muito feliz e muito realizada. É um grande privilégio e uma honra ter um programa com seu nome, pra chamar de seu. Realmente, é algo muito incrível!

Como é a sua preparação para iniciar um novo projeto?

LUÍSA SONZA – Eu gostaria muito de ter uma preparação para iniciar meus projetos, mas eu trabalho tanto que acabo não conseguindo nem ensaiar, por exemplo. As músicas que eu cantei no programa foram todas performadas ali na hora. Isso não quer dizer que eu não dou o meu melhor. Eu sempre mergulho de cabeça quando vou fazer algo e faço de coração.

O que o público pode esperar de “Prazer, Luísa”? E o que o programa significa para você?

LUÍSA SONZA: “Prazer, Luísa” é um programa que vai abordar assuntos sérios, mas eu tentei levar esses assuntos de uma maneira leve e divertida, sabe? A gente já está num momento tão difícil, o brasileiro vive um momento difícil, eu não quis trazer mais peso. Então eu tentei ser o mais leve e divertida possível para realmente levar algo de bom para as pessoas em casa. O programa significa o meu momento de glória (risos). Não é pra qualquer um ter um programa pra chamar de seu no maior canal de música do Brasil.

É a primeira vez que você divide com o público os bastidores do seu processo criativo. O que as pessoas verão de diferente da Luísa que já conhecemos?

LUÍSA SONZA – Primeiro as pessoas verão uma Luísa apresentadora, eu dei o meu máximo para isso. Pude dar uma olhada em algumas gravações e eu já vi que eu corto bastante os convidados (risos). Mas eu dei o meu melhor e vocês vão conhecer mais a fundo o significado das músicas do álbum, das minhas letras, o que eu quero passar. Também falo um pouquinho sobre as minhas inseguranças, eu tive um espaço para expor todos os meus lados, tanto o lado artista, quanto o lado musical, a Luísa empresária, cantora, compositora, produtora. Quem é a Luísa mesmo, na vida real, sabe? Como eu sou em casa… e eu me senti muito em casa, acho que por isso posso até ter passado um pouquinho do ponto (risos).

Como você escolheu os convidados do programa?

LUÍSA SONZA – São artistas com quem eu já trabalhei, que participaram de “Doce 22”, além de artistas com quem eu tenho afinidade.

Sobre os covers que você faz no programa, quais são as suas referências? De onde surgiu a ideia de realizar essas interpretações?

LUÍSA SONZA – Eu nasci muito do cover, sabe? Comecei fazendo essas apresentações na internet, então foi basicamente uma volta ao meu início, ao ponto que eu comecei a ficar conhecida. O primeiro prêmio que eu ganhei do Multishow é um prêmio de cover, então eu quis fazer essa referência.

Você lida há muito tempo com cancelamentos e haters na internet. Como você avalia a importância de falar sobre essas pautas na TV também?

LUÍSA SONZA – É muito importante mostrar o outro lado da coisa, não só na TV mas em qualquer lugar. Eu entendi que, mostrando a minha vulnerabilidade, algumas pessoas passam a entender a gravidade que é ser falar coisas ruins e atacar nas redes sociais, sabe? Justamente por isso eu quis mostrar esse outro lado: o lado de cá!

O que é fundamental para você no quesito “looks” para shows ou eventos na TV?

LUÍSA SONZA – Depende muito da minha era e do meu mood. Eu acho que look é uma forma de expressão, então em qualquer lugar que eu vou, eu tento transparecer o que eu sou e como estou me sentindo naquele momento, como pessoa e como artista

 Você é referência de empoderamento feminino aqui no Brasil.  De que maneira você busca conectar esse discurso com a sua arte?

LUÍSA SONZA – Eu não busco conectar, acho que isso foi uma coisa que veio naturalmente pelas coisas que eu vivi e pela minha forma de ser. Não é um discurso que eu paro e penso “vou falar sobre empoderamento feminino”. É uma coisa que eu vivo, então é natural pra mim porque faz parte da minha vida e da minha história. Então, automaticamente isso acaba transferindo para a minha arte, pra minha música e pra Luísa Sonza artista.

Entrevistas | Inicio

Deixe um comentário