Você está agindo certo, querido Digital Influencer?

Social Networking People Conceptual

Certo dia conversando com alguns amigos do trabalho, analisamos como é feliz a vida de um de “Digital Influencer”. Analisando ainda mais profundamente, percebemos que a maioria (sem generalizar) recebem produtos e objetos com ótima qualidade. É isso a vida do Digital Influencer? Usar e exibir bons produtos?

Dei uma velha pesquisada no Google sobre o significado da palavra “Digital Influencer”, e as respostas foram as mais clichês possíveis.  Mas em linhas gerais, o Digital Influencer são formadores de opiniões virtuais. Nos tempos atuais, onde o brasileiro passa em média de 5hrs/dia conectados as mídias sociais, ter alguém que exponha o seu produto nesses canais é uma “sacada” e tanto.

Para ser um influenciador digital não é apenas receber um produto na sua casa, ligar a câmera e falar “Olá meninas, estou com alguns produtinhos maravilhosos para mostrar para vocês”. Precisa ir além! Maravilhoso por que? Existe outras marcas além dessa que você adquiriu, e essa é realmente a melhor?! A maravilhosa?

O que poucos sabem é que para ser Digital Influencer, ao contrário do que muitos pensam,  não é só tirar fotos, participar de eventos e ganhar produtos e etc. É preciso ter CNPJ, como qualquer outro profissional. São formadores de opinião, precisam ter responsabilidade de saber o que se diz, se não fizer isso você está sendo apenas uma vitrine publicitária. Em suas resenhas é preciso deixar seus pontos positivos e claro, certeza, necessário também apontar os pontos NEGATIVOS do produto/mercadoria que recebeu/COMPROU. E jamais, vender idéias de algo que não experimentou. Para ser o tão famoso Digital Influencer, não basta apenas ter dinheiro e um celular com câmera, é preciso que os testes dos produtos sejam verdadeiros, que você pesquise o diferencial desse produto para os outros e muito, muito e muito estudo. Um passo falso, e pode cair a sua credibilidade com seus seguidores e com as marcas que lhe apoiam.

Foto: Imagem meramente ilustrativa
Foto: Imagem meramente ilustrativa

Conheço um digital influencer onde ele COMPRA mercadorias para testar, ele investe dinheiro para devolver ao seu público uma resenha verdadeira dos fatos. Por exemplo: Já teve casos em que foi preciso comprar um celular para testar suas funções, e após a compra percebeu que veio com defeito e a autorizada fez uma burocracia muito grande para resolver a questão. Isso foi tudo relatado para os seguidores desse Digital Influencer, desde a facilidade da compra até a burocracia para resolver os problemas de fábrica do objeto.

Acredite, se você receber produto ou dinheiro para divulgar algo e não informar aos seus seguidores/leitores que aquele conteúdo foi patrocinado, seja porque a empresa pediu para não sinalizar a informação em seu post, ou porque você acha melhor não falar que é publicidade para os leitores se sentirem mais próximos e veja como as “dicas da colega”, de uma forma ou de outra, está extremamente errado! É a famosa Publicidade Velada!

Então se você acompanha um digital influencer onde o mundo que ele vive “tudo são flores”, onde todos os produtos são lindos e maravilhosos, onde tudo dá certo e todas as mercadorias são ótimas, tem algo muito errado ai.

Deixe uma resposta