Sócrates Gonçalves: Mil artistas em um só

Ele foi um dos indicados na categoria Melhor Cantor no “Os Melhores de Campina Grande 2016” e isso não foi por acaso. Sócrates Leite Gonçalves, ou simplesmente Sócrates Gonçalves é dono de uma das vozes mais conhecida de Campina Grande.

Logo de início, perguntei como eu poderia me referir às várias profissões dele, ele apenas afirmou ser artista. O talento do nosso entrevistado não se resume apenas na voz, é também cantautor, ilustrador, caricaturista, ator e diretor de arte. Já podemos começar analisando a sua frase preferida: “O amanhã tem suas próprias preocupações”. Então vamos viver hoje? Aproveitar o que temos neste dia em que estamos vivendo? Vamos juntos!

Esse ariano de 34 anos é da cidade de Barro no Ceará, e ele teve seu contato com a música mais aprofundado quando ainda cursava Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba, onde participava cantando nos Saraus e calouradas do departamento. Ele lembrou do início, antes de entrar na universidade, e contou “Acho que canto desde que me lembro, mas nunca profissionalmente, nem em público, eu acho. Meu ‘profissionalismo musical’ foi meio que por acidente”. Antes de iniciar uma carreira solo, Sócrates passou pela banda Nois e depois ficou quatro anos longe dos palcos, ele nos explicou melhor essa história.

[Best_Wordpress_Gallery id=”4″ gal_title=”Sócrates”]

Após a sua volta em 2008, ele não parou mais! Apresentou-se no projeto 7 Notas do SESC, Projeto Seis e Meia (Nacional), Projeto Duetos do Picanha 200, e o Show intitulado Entre Eles e Elas em comemoração aos 48 anos do Teatro Municipal Severino Cabral. Em 2011, lançou o CD nomeado de Atemporal e em 2015, o CD Soul de Cá, ambos você pode conferir aqui.

E na entrevista conversamos bastante. Eu estava “doido” pra entrevistar ele! Conversamos sobre suas inspirações, sobre o início da carreira, estética dos Cds, suas inspirações, sobre o cenário cultural na cidade de Campina Grande e muito mais. Confira agora:

Você fez parte da banda Nois e depois de quatro anos de formação, resolveu se afastar por um tempo dos palcos. O que aconteceu nesse meio tempo? Foi falta de motivação? Ainda bem que você voltou em 2008 com tudo!

“Saí da banda por que tínhamos divergências criativas, mas também por que tava difícil conciliar a banda, a faculdade, e um trabalho “convencional”, infelizmente não tava dando pra se manter só com a música. Me afastei dos palcos, mas não da música nem das artes. Segui compondo e pintando.”

1 (132)Percebi que em seus álbuns existe uma preocupação com a estética também, vejo personalidade no conteúdo visual. Podemos dizer que nesse momento conseguimos enxergar o Sócrates cantor e também o artista plástico? Existe essa mistura?

“Sempre. Acho que pinto como quem canta e canto como se estivesse pintando. Além do mais o meu ‘trabalho convencional’ é como diretor de arte (designer gráfico) e isso me ajuda a pensar na arte do cd como um todo. Embora tenha optado por dar mais importância ao CD virtual e menos ao CD físico.”

Como você define o momento atual da música no Brasil? No pop, na MPB, no Forró…

“Acho que sempre há espaço para a ‘boa música’ (Quando se diz “Boa”, saiba que depende de quem escuta) em todos os estilos, porém, a internet deu voz aos artistas que eram ignorados pelas grandes gravadoras, o que é uma coisa maravilhosa, mas também um grande desafio pois a concorrência por um lugar ao sol se torna infinitamente maior.”

Como surgi as suas composições? São de observações do cotidiano? Inspirações?

“Costumo dizer: você tem o direito de permanecer calado, pois tudo o que disser poderá virar música no final. A vida é música e poesia como o mar beijando a areia, desenhos na madeira ou a cor do por do sol.”

 Falando em inspirações, quais são as maiores inspirações do Cantor Sócrates Gonçalves?

“Tudo é inspiração. Acho que mesmo que o artista diga que está buscando inspiração, na verdade ela já a tem. Isso é ser artista, ser inspirado a ver a vida de uma maneira diferente, ver além do que se vê. E a arte acontece quando o artista tenta expressar ao mundo, o mundo da forma que ele o vê. Ficou confuso?”

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ficou não! Entendemos direitinho (Risos). Puxando um pouco o foco pra Campina Grande, como você enxerga o cenário cultural daqui da cidade? Os artistas possuem apoios e ajudas para as divulgações dos seus trabalhos? O que você acha que precisa ser mudado nesse quesito aqui em Campina Grande?

“Sinto falta de espaço para se mostrar trabalhos autorais (especificamente na música, claro). Campina apesar de ter Grande no nome é pequena o que nos obriga a tocar as músicas da moda, que sempre têm público, ou quebrar a cabeça para oferecer shows diferentes, com novidades, em pouco tempo de produção, pois o público acaba sendo sempre o mesmo.”

Você já atuou como apresentador do programa DOM da TV Itararé e a propósito, apresentou muito bem. Você nunca pensou em participar de programas como The Voice Brasil, X Factor e tantos outros programas para mostrar a sua voz para o Brasil?

“Obrigado. Já sim e até já participei do Idolos e do The Voice, mas não passei das últimas etapas da seleções. Mas esses programas não são o meu foco, sabe, sei que são um atalho para o “sucesso” (entre aspas, pois fama nem sempre é sinônimo de sucesso), e acho que a caminhada até lá é mais importante do que o chegar lá. Claro que quero mostrar a minha música para todo o país e para todo o mundo e por isso peço sempre para compartilharem meus vídeos e minhas músicas (Risos).”

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Eu imagino que sempre que temos um projeto em mente, a gente o idealiza de várias formas, com tudo que tem direito. Para esse ano de 2017, você já tem algum projeto em mente? Quem sabe um EP? Um álbum totalmente novo?

“Tenho e já estou em pré-produção, mas como todos os meus projetos com certeza ainda vai mudar muito (Risos). Começou como um EP, mas já tem 7 músicas pre selecionadas, ou seja, não tem nada pronto ainda (Risos)”

Pra fechar fazendo aquela própria síntese, para você quem é o Sócrates Gonçalves?

“Acho ele um cara legal (risos)”.

2 comentários em “Sócrates Gonçalves: Mil artistas em um só

  1. Esse meu irmão vai longe …. a mãe dele
    Da dizia… vai Sócrates ali e ele
    Dizia é longe..,, mais
    ia!kkkkkkkk

  2. Socrates é o músico mais talentoso que eu conheço. O conheci num stande quando trabalhei de recepcionista. Ele estava fazendo caricaturas. Tempos depois encontrei-o por acaso eu estava trabalhando no shopping( também em um stand) e ele passou me convidando pra o lançamento do Atemporal, obvio que eu fui. Foi aí que virei super,hiper,mega fã. Sim, eu tenho os dois cds autografados. Sim, eu sei quase todas as músicas dos cds decorada. Sim, eu tenho algumas musicas no meu celular. Sim ele vai tocar uma das músicas de entrada do meu casamento. Sim eu votei sem parar nele quando soube que ele foi selecionado pra melhores de Campina e achei injusto ele não ter ganho. Porque desculpe-me Eloisa mas ele é muito melhor. E por fim. Sim, eu amei essa matéria sobre ele.

Deixe uma resposta