Foto: Lana Pinho

Seja forte como “Ferro”




Foto: Lana Pinho

Nosso Romero está mais vivo do que nunca! Com seu novo álbum “Ferro”, ele chega ainda mais quente, com um ritmo fervente e com aquele brega sofrência apaixonado, que já é uma marca do artista. A gente vive um grande “TBT” sentindo as nuances new wave, um “bate e volta” aos anos 80. Vamos juntos embarcar nessa viagem? Agora é o momento!

O disco possui 10 músicas, onde nove delas foram produzidas por Leo D, do Mundo Livre S/A, e uma por Benke Ferraz, do Boogarins. Com efeitos de luz néon, muito brilho e colorido de verão, a capa feita com arte de Tomaz Alencar sobre fotos de Lana Pinho e retrata a nova fase do artista, que é exatamente um coração de “Ferro”. Além disso, o projeto conta com as participações do Duda Beat, Otto, Mel e Hiran. 

Foto: Lana Pinho

“Ferro” é um caldeirão fervendo de energia, bregapop, romantismo e calor. Ah, muito calor! Esse álbum chegou para “Acabar com a brincadeira” e mostrar ainda mais o valor da cultura pernambucana, que está enraizada na cultura do Brasil como um todo.

Foto: Lana Pinho
Foto: Lana Pinho

Juntou com a Duda Beat, os dois colocaram “O corpo em brasa” aquecendo sem medo de mostrar quem realmente são. Esse álbum tem muito disso! De ser feliz e mostrar a naturalidade de ser quem é. E se orgulhar disso é fundamental!

É difícil você ouvir esse projeto e ele não se transformar no seu “Verdadeiro Amor”. Ele toca em todos os sentimentos, dos mais profundos aos mais rasos. Você vai do céu ao final do poço, dançando sem percebe. Sofrer dançando? Isso! “Pra te conquistar”, Romero te faz refletir sobre os problemas no relacionamento e levanta a bandeira do amor mais importante, o próprio. Falando em amor, quem viveu a década de 80/90, cantou muita música sofrência sem nem perceber que tava no fundo do poço (Tá vendo Sandy e Junior?), “Você Vai Ver” é aquele hit que você irá cantar todo sem colar e sofrer sem ter razão (Tá satisfeito Romero? rs). Ai meu Zezé de Camargo e Luciano!! A desenvoltura do “Ferro” é aclamada pela evolução. É nítida o crescimento, tanto vocal como de produção em geral. Chegou o momento, Romero! O mundo é seu e você, está preparado! 
O projeto evoca o que há de mais sensível na vida do artista. É exacerbado a sua essência. É uma grande linha do tempo também. Começamos viajando lá na década de 80, agora vamos ficar conectados e se preocupar com o mundo
“Fake” que é vivido. 

Foto: Lana Pinho

Como você tem se comportado no mundo online? Faz tudo por um like? Fica aí a reflexão! Curtidas falsas, comentários de pessoas fúteis, essa onda de “fake news” pode ser comparado “Quando Ele Pergunta por Mim”, sabia? Ambos mostram que não faz sentido algum ser iludido por ações falsas, entende? Falso likes e falso amores, chega de ilusões! Romero e Otto juntos trouxeram uma música que energiza a gente com um grande déjà–vu, de já ter vivido (leia-se sofrido) por tal ocasião. É deprimente, tão deprimente. É o verdadeiro que te “satisfaz na cama”, é quem você ama. Um pedido? Não viva o falso nem na vida online e muito menos, na offline. 

Eu não falei anteriormente que era uma verdadeira viagem? Pois então! Estou de “Love por Você”, Ferro! Agora a gente dança uma lambada eletrônica, que traz aquele gostinho sutil do carnaval de salvador e que dá um balanço no quadril quase que automático. Uma dose de prazer. E dançar é tão bom não é? E ainda tem gente que se incomoda pelo jeito que você dança, que eu danço. Estamos em 2019, mas muita gente ainda vive “preso” a décadas passadas. A música e o amor não tem gênero, acredite! Deixa-me dançar a minha lambada, deixa-me passar com a minha alegria, com a minha dança, com as minhas músicas, com a minha família, com meus amores… Oh abre alas, que o Romero quer passar com Mel e Hiran e deixarem a mesma mensagem: “Tolerância zero”.

Foto: Luiz Maximiano

A gente fecha esse Discotecando na pista de dança, dançando muito, naquele ritmo dos anos 80, com malemolência brasileira e pensando o quanto “Cansei de Você” e que agora é a hora de subir,  levantar e não se afogar mais. De se amar, de curtir o que te faz bem e de se jogar na dança da vida. Vem, curte a tua vida feliz e ama aqueles que fazem bem por estar perto. Juntos somos fortes, somos resistência e daremos o melhor de nós sempre. Conhecemos várias essências do Brasil em um só álbum. Agora faz tua vida valer e aprenda a sorrir, chorar, dançar e seja forte como “Ferro”.  Aperta o play, vai:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Glêbson Rodrigues